Criminalidade reina no Xaxim

Assaltos, arrombamentos e furtos tem sido mais frequentes do que nunca e a população está assustada

criminalidade xaxim     Nas últimas semanas, tem aumentado muito a criminalidade na região. Diversos estabelecimentos tiveram a indesejável visita de bandidos, que, diga-se de passagem, não demonstram nenhum tipo de receio em praticar os delitos. Um exemplo disso são as gravações das câmeras de segurança dos estabelecimentos que mostram que os assaltos são praticados por, geralmente, mais de um indivíduo, todos armados, que chegam sem cobrir o rosto talvez até pela certeza da impunidade. 

     Lojas, farmácias, restaurantes e demais comércios vem levando grandes prejuízos em dividir com os meliantes seus rendimentos conquistados com muito trabalho. Os locais que parecem mais visados, com assaltos mais frequentes são as ruas Primeiro de Maio, Omar Raymundo Picheth e Gabriel Frecceiro de Miranda, todas na região da Vila São Pedro, mas isso não quer dizer que outras ruas comerciais também estejam livres dos assaltos. O que mais assusta os comerciantes é a forma com que os bandidos agem, na maioria das vezes com brutalidade. Outra questão que incomoda, é a demora da Polícia Militar em atender as ocorrências e resolver os casos. 

     Ultimamente, a região do Xaxim tem sido bastante comentada nos jornais e programas de televisão policial pelos crimes que vem acontecendo, entre eles acerto de contas entre traficantes e até ocorrências de chacinas. Estes e outros crimes vem aterrorizando a vida dos moradores do bairro, que já perderam há muito tempo a tranquilidade para trabalhar, morar e se deslocar pela região. Nos últimos dias, por solicitação da comunidade e de entidades do bairro, nota-se que a Polícia Militar e a Guarda Muni-cipal estão intensificando as rondas na região. Esta medida já auxilia um pouco, mas a insegurança ainda perdura. Uma ação que vai auxiliar muito o bairro, até para que sejam destinadas mais rondas por parte da polícia e até a investigação mais criteriosa destes crimes, é o Boletim de Ocorrências. Quando um boletim é realizado, os dados ficam disponíveis para a inteligência da Polícia Civil, que irá priorizar as investigações, já que isso, assim como a ausência de soluções, é de responsabilidade da mesma. Dentro desta investigação, a polícia irá procurar saber se é apenas uma quadrilha que está agindo em toda a região ou se são mais. Além disso, qualquer testemunho, prova e informações que forem passadas pelas vítimas, maior serão as chances da identificação dos bandidos e devida prisão dos mesmos. Descrições, imagens, placas de veículos, entre outros, irão facilitar este trabalho. Outro benefício do Bole-tim de Ocorrências é a identificação das necessidades da região, forçando o poder público a enxergar os problemas e a tomarem uma atitude em relação a isso, como disponibilização de maior efetivo policial, aumento da quantidade de viaturas, entre outros. 

     Esse planejamento é realizado conforme a quantidade de delitos que estão computados pelas polícias. O que acontece é que muitas das vítimas não registram o B.O., talvez por descredibilizarem o trabalho da polícia, deixando margem para o poder público afirmar que a região não precisa de tanto policiamento e atenção. Portanto, por mais que seja constrangedor ir até uma delegacia fazer a denúncia, é a coisa mais certa a ser feita. Somente desta forma as estatísticas estarão a favor do bairro. Por menor que seja o delito e a perda, constará no sistema de inteligência da polícia que há um delinquente ou até mesmo uma quadrilha atuando nos limites do bairro. São graças às denúncias que ele poderá ser preso, fazendo com que você e mais ninguém seja novamente vítima destes marginais.

Acesse Também!

Guia Caderno

Campo de Santana

Anunciantes