Conseg Xaxim

logo conseg xaxim A última reunião mensal do Conselho Comunitário de Segurança do Bairro Xaxim (Conseg Xaxim), realizada no dia 26 de maio, no Colégio Estadual Jayme Canet, foi frustrante. A infraestrutura do salão cedido pelo colégio é ótima, houve o uso de data show para a exposição dos dados e projetos do Conseg, mas dos 900 convites distribuídos aos alunos, somente 3 pessoas da localidade compareceram à reunião, que teve início às 20 horas. O encontro no colégio faz parte do projeto de reuniões itinerantes do Conseg Xaxim para expandir a atuação e a participação da comunidade em diversos pontos do bairro, que possui uma população de cerca de 57 mil habitantes e uma área de 8,92 km², ou seja, um bairro de difícil atuação devido a sua dimensão territorial e grande população. Desde sua fundação a entidade consegue englobar com maior força a região oeste do bairro, na Vila São Pedro, justamente por não haverem reforços de moradores das outras partes do Xaxim. A ideia inicial é o mapeamento do bairro e a divisão do mesmo em células de atuação, para que as informações cheguem de maneira mais precisa e rápida até a diretoria do Conselho de Segurança e também para a otimização de trabalhos focados nos problemas de cada área. As vilas Canet, Jardim Francisco Derosso, assim como a rua Coronel Luiz José dos Santos, tem bastante problemas de segurança, como assaltos à mão armada à comércios, residências e pedestres. Por isso o Conseg Xaxim esperava, com esta reunião, repassar estes problemas às autoridades que estavam presentes, entre elas representantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal e equipe da Regional Boqueirão.

 O Conseg Xaxim também estará realizando uma reunião com os comerciantes de todo o bairro para escutar quais são os principais problemas na área de segurança para os empresários e também somar esforços para a resolução destes problemas. A reunião ainda não tem data e local, mas em breve será divulgada.

      TRABALHO REALIZADO PELO CONSEG XAXIM EM PROL DO PROJETO "QUEREMOS A POLÍCIA NA PRAÇA" 

      Desenvolvimento do projeto:

      Desde 2012 o Conseg Xaxim estudava e discutia a viabilidade da instalação de um equipamento de segurança que suprisse a falta de policiamento na região. A melhor alternativa encontrada foi a construção de uma Companhia da Polícia Militar no Xaxim, já que a atual Cia está localizada no bairro Água Verde, dificultando o trabalho da PM devido a deficiência logística, ou seja, a distância a ser percorrida pelas viaturas até chegarem no bairro. O Conseg obteve a informação de que uma Companhia seria criada para atender os bairros Pinheirinho, Capão Raso e Xaxim, e que a mesma estava prevista inicialmente para ser construída no bairro Capão Raso, muito distante principalmente dos extremos dos bairros Pinheirinho e Xaxim. Levando em consideração que já está instalado no Capão Raso o Quartel do 13º Batalhão da Polícia Militar e que na região do Xaxim não há nenhuma instalação de polícia tática, o Conseg estudou outros locais possíveis para a construção do equipamento que fosse mais centralizado entre os três bairros, facilitando assim uma melhor atuação em toda esta região.

      Estudo de uma área democrática para a instalação da Companhia

 Dentre os locais possíveis, com área pública, que comportasse uma estrutura para atender as necessidades dos policiais, o Conseg Xaxim chegou a constatação de que o melhor local seria a Praça Nelson Saternski Monteiro, por se localizar exatamente no centro territorial dos três bairros, estando na divisa dos bairros Xaxim e Pinheirinho e com várias opções de acesso viário para se chegar a qualquer vila do Capão Raso, Xaxim e Pinheirinho.

      União de forças

 Com o projeto já elaborado e com o ideal de criar um abaixo-assinado para demonstrar ao poder público o anseio da implantação da Cia na Praça, por se tratar do melhor local em relação à logística, várias reuniões foram realizadas e o abaixo-assinado foi colocado em prática.

  O segundo passo foi buscar parcerias para fortalecimento do projeto. Desta forma, o Conseg Xaxim realizou uma reunião entre os Consegs Xaxim, Pinheirinho e Capão Raso, onde conseguiu-se a adesão e ampla participação do Conseg Pinheirinho no projeto, demonstrando que o local sugerido é mais interessante também para o bairro Pinheirinho.

       Consegs Xaxim e Pinheirinho representando o projeto

 Foram diversas as apresentações realizadas pelos dois Conselhos de Segurança sobre o projeto, destacando reuniões nas regionais Boqueirão e Pinheirinho, ao 13º Batalhão da PM, demais reuniões de segurança, além de visitas à associações e entidades. Enquanto isso, a campanha e a arrecadação de assinaturas contou com ampla divulgação nos veículos de comunicação locais, cartazes espalhados em comércios e instituição, escolas, unidades de saúde, igrejas etc, e coleta de assinaturas em comércios e residências.

        Buscando apoio

 O próximo passo foi buscar parcerias e apoio político para fortalecer o projeto. Desta forma, os Conselhos de Segurança Xaxim e Pinheirinho realizaram reuniões com alguns vereadores da capital que tem maior influência nos referidos bairros independente de partidos políticos, solicitando à eles uma carta de apoio para ser anexada ao abaixo-assinado. Foi obtida a adesão dos vereadores Beto Moraes, Bruno Pessutti, Mauro Ignácio, Tito Zeglin, Toninho da Farmácia e Pedro Paulo; Além disso, também foi procurado o Presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná, Deputado Estadual Mauro Moraes, que concordou com o projeto, assinando a carta de apoio. 

 Em agosto de 2013 foi protocolado o documento na Secretaria Estadual de Segurança Pública do Estado do Paraná contendo a descrição detalhada do projeto de instalação da Cia de Polícia, o abaixo assinado com 10.753 assinaturas de moradores e 77 assinaturas de empresas em prol do projeto e as cartas de apoio.

         Situação Atual

 Ao longo do final de 2013 e em 2014 o Conseg Xaxim vem tentando agendar reuniões com o Comando Geral da PM, mas devido às mudanças do comando, esta reunião está para acontecer apenas agora. Já com o 13º Batalhão, foi realizada mais uma reunião com o atual comandante, Cel. Santos, que acenou favoravelmente ao projeto, se propondo a enviar ao Conseg um croqui com estrutura necessária para um bom funcionamento da Companhia a ser construída. Junto à Regional Boqueirão veio a informação de que o terreno da praça está em comodata da Prefeitura para o Governo do Estado em nome da Secretaria Estadual de Educação. Agora o Conseg marcará uma reunião com a referida secretaria para solicitar que ceda uma parte do terreno para a Secretaria de Segurança Pública. Outra iniciativa é um encontro com o prefeito Gustavo Fruet para apresentação do projeto.

 Nas próximas edições traremos mais notícias, aguardem.

Acesse Também!

Guia Caderno

Campo de Santana

Anunciantes