Em todos os 399 municípios do estado

Beto Richa é o primeiro governador da história a visitar todas as cidades do Paraná

governador beto richa Nova Aurora, na região oeste do nosso estado, onde vivem 12 mil pessoas e onde estive no último dia 28, não é simplesmente mais um dos 399 municípios do Paraná. Para mim, assumiu o valor emblemático de mais uma meta pessoal cumprida nesses três primeiros anos à frente da administração pública estadual – ir a todos os municípios de nosso estado, o que um governador faz pela primeira vez na história recente do Paraná. Desde o início da década de 50, italianos, alemães e brasileiros vindos de outras partes de nosso país, acreditaram na fertilidade das terras de Nova Aurora, que passou a ter este nome há 45 anos, e nelas brotaram, além de mais esta cidade na região oeste, lavouras de café, milho e feijão. 

 De Curitiba, capital do estado, a Jardim Olinda, nosso município menos populoso (com 1.424 habitantes), na região noroeste, terei visitado todos os municípios do Paraná, e principalmente aos paranaenses, a verdadeira razão de ser deste mais novo estado do sul do país, reconhecido em 1853, depois de Santa Catarina (1738) e do Rio Grande do Sul (1807). Nossos 11 milhões de habitantes, suas demandas, reivindicações e sonhos justificam este roteiro.

 Fiz questão absoluta deste procedimento porque é nas cidades que as pessoas vivem, trabalham, buscam melhorar suas vidas e as de suas famílias.  

 O contato direto com elas é uma demonstração de respeito para com os paranaenses e, ao mesmo tempo, uma forma de se conhecer de perto as carências e necessidades de cada município, estabelecendo maneiras para atendê-las, viabilizando programas, convênios, recursos etc. Já tínhamos um Plano de Governo cuidadosamente estudado e detalhado por nossa equipe antes das eleições em 2010. Ao tomar posse, passamos a administrar e a atualizar demandas e necessidades do Estado. Ficamos muito mais próximos dos cidadãos e a cada contato não só escutei seus pedidos, mas falei sobre ações e investimentos a serem feitos em todos os setores – educação, saúde, infraestrutura, habitação, segurança, enfim em todas as áreas. Fiz isto. Disse, por exemplo, que a partir do trabalho de todos e da dinamização de nossa economia, o Paraná gerou 330 mil empregos entre janeiro de 2011 e setembro passado, média de mais de 110 mil empregos anuais. E que temos crescido mais do que a média nacional: devemos fechar 2013 com um crescimento do PIB estadual de 4,3% ante 2,5% do PIB brasileiro. 

 Esses números resultam deste novo tempo de diálogo e respeito em nosso Estado e não são gratuitos. Suas razões são explicadas pela identificação dos paranaenses com nossa administração, democrática, sem distinções partidárias na gestão, que atende àqueles que nos encaminham reivindicações e dentro das possibilidades. Nossa equipe trabalha com planejamento e eficiência. É um governo que faz mais com menos. Se não fazemos mais é porque também temos dificuldades a enfrentar e os paranaenses sabem disto. Os resultados acabam se refletindo no dia-a-dia dos paranaenses e nos são apresentados em cada visita às cidades. Nosso trabalho tem sido recompensado, tanto do ponto de vista humano como de administrador. E continuarei na mesma toada, conversando com todos os paranaenses, administrando com todos, respeitando a cada pessoa por nosso Estado afora. 

Acesse Também!

Guia Caderno

Campo de Santana

Anunciantes