Estado destina a Curitiba R$ 70 milhões

Parte do recurso irá para a construção de Unidades de Saúde nas localidades Campo Alegre, Jardim Aliança, Coqueiros, Sabará e Xaxim

Verba será destinada para investimentos nas áreas da saúde e do desenvolvimento urbano

beto richa 70 milhoes Na segunda-feira, dia 30 de setembro, o governador Beto Richa e o prefeito da capital, Gustavo Fruet, assinaram convênios para compra de mobiliário e de equipamentos médico-hospitalares e odontológicos para unidades básicas de saúde e para pavimentação de ruas na capital. Os recursos somam R$ 12,4 milhões. Além disso, Richa confirmou para o orçamento de 2014 o repasse de R$ 15 milhões para a construção do Hospital Municipal da Zona Norte, voltado ao atendimento de urgências e emergências; e outros R$ 9 milhões para a construção do Centro de Especialidades de Curitiba. Os valores correspondem à metade do custo de cada obra, o restante virá no orçamento de 2015. Outro montante de R$ 6,2 milhões irá para a construção de unidades de Saúde, nas localidades de Campo Alegre, Jardim Aliança, Coqueiros, Sabará e Xaxim. As obras estão em andamento e devem ser entregues já no ano que vem. 

 Na solenidade, realizada no Palácio Iguaçu, Richa disse que considera o momento importante para a capital. “Mais uma vez anunciamos uma boa parceria com a prefeitura de Curitiba, cumprindo com a nossa obrigação. Nunca pergunto a um prefeito qual é o seu partido para investir na sua cidade”, afirmou Beto Richa. O governador lembrou que os investimentos são importantes para o bom atendimento à saúde dos cidadãos. “Uma boa parceria entre o governo do estado e a prefeitura, demonstrando que cada um cumpre com sua obrigação”, disse ele. Richa ressaltou que hoje o governo tem obras nos 399 municípios do Paraná. “Não é o mesmo tratamento que temos do governo federal, mas nem por isso deixaria de investir na nossa capital. Cumprimos a obrigação com o povo investindo nas cidades, onde as pessoas vivem”, afirmou Richa. Ele conta que quando saiu candidato ao governo, quis resgatar a dívida que o governo do estado tinha para com a capital. “Neste momento, mais uma vez, colocamos fim a discriminação que a capital tinha com o governo do estado”, afirmou ele. O prefeito Gustavo Fruet agradeceu às áreas da saúde e do desenvolvimento urbano. “Os secretários estaduais sabem os desafios que temos como prefeito”, afirmou ele. Fruet explicou que, por sugestão do Governo do Estado, serão construídos no mesmo local o Hospital da Zona Norte e um Centro de Especialidades. O terreno, de 20 mil metros quadrados, será adquirido pelo governo e fica próximo ao Detran, no Bairro Tarumã. “O hospital abrangerá de cinco a seis municípios, permitindo o atendimento de alta complexidade para essas pessoas. Investimentos da mais alta importância para a região”, disse Gustavo Fruet. “Vamos dar agilidade às licitações para colocar em execução as obras. Sempre que possível queremos reavivar esse diálogo para investimentos importantes na cidade”, afirmou Fruet.

MOBILIÁRIO E EQUIPAMENTO

 Parte dos recursos (R$ 4,4 milhões) será para compra de mobiliários e equipamentos médicos e odontológicos, como cadeiras de rodas, mesas de cirurgia, eletrocardiógrafos, raios x, armários e refrigeradores, destinados às unidades de saúde da capital. O recurso é por meio do Sistema de Financiamento de Ações Municipais. “Demonstramos nosso reconhecimento pela importância da nossa capital e da região metropolitana. São investimentos expressivos, para melhorar o atendimento à saúde dos curitibanos", afirmou o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto.

 Foi assinado com o município convênio para o repasse de recursos complementares para a área de Saúde Mental. Serão R$ 4,4 milhões ao ano para o pagamento complementar de leitos psiquiátricos que serão aplicados em Curitiba. 

 Desde 2011, a secretaria aplica R$ 28 milhões para pagamento complementar de leitos psiquiátricos em todo Paraná. Em 2013 foram liberados, também, R$ 800 mil para o fortalecimento da vigilância em saúde. O recurso é do programa Vigiasus, repassados a todos os municípios do Estado. O município pode usar os recursos para aquisição de veículos, computadores, rede de frio (para imunização), fortalecimento do combate a endemias, entre outras ações.

DESENVOLVIMENTO URBANO

 O governador e o secretário de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Júnior, assinaram convênio com a Prefeitura de Curitiba para o repasse de R$ 8 milhões que serão aplicados na pavimentação de ruas no Bairro Fazendinha. 

 O secretário estadual do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, afirmou que estão sendo atendidos todos os municípios do Paraná. “Na capital não é diferente, temos a obrigação de atender Curitiba, que tem forte demanda por infraestrutura”, disse o secretário. Ele lembrou que os recursos são para pavimentação da rua Raul Pompéia, no Bairro Fazendinha. “Uma avenida importante, cujo volume de carros e pedestres vem crescendo gradativamente”, disse ele. O recurso também é por meio do SFM, do Programa Paraná Urbano. 

 Participaram da solenidade o deputado federal Rubens Bueno; a deputada estadual Mara Lima; o presidente da Câmara dos Vereadores de Curitiba, Paulo Salamuni e demais vereadores, além dos secretários estaduais Cesar Silvestri (Governo) e Norberto Ortigara (Agricultura) e o secretário municipal de Obras Públicas, Sérgio Antoniasse. 

Acesse Também!

Guia Caderno

Campo de Santana

Anunciantes