Um terço dos alimentos é desperdiçado no lixo

desperdicio A casca de uma banana descartada no lixo tem mais do que o dobro de potássio do que a sua polpa. Este é apenas um dos exemplos de uma realidade diária no Brasil e em todo o mundo: muitos nutrientes valiosos são descartados. Além de sobrecarregar o sistema de coleta e disposição final de resíduos dos municípios, priva a população de ingerir vitaminas e fibras que são essenciais à saúde. Segundo a nutricionista Tayana Fernandes Cecon, da Unidade de Educação Alimentar da Secretaria Municipal do Abastecimento, muitas vezes a parte descartada dos alimentos, como cascas, sementes, talos e folhas, possui o dobro dos nutrientes e fibras do que as partes consumidas. “A casca da cenoura, por exemplo, tem quase três vezes mais vitamina C do que a sua polpa”. Tayana informa que no Brasil, cada cidadão ingere em média 35 quilos de frutas, verduras ou legumes por ano, enquanto aproximadamente 37 quilos por pessoa é jogado no lixo. “É uma questão cultural, que exige mudança de hábitos”, diz. A Secretaria Municipal do Abastecimento oferece cursos regulares de alimentação saudável e de aproveitamento integral de alimentos. 

 De acordo com dados da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), um terço dos alimentos produzidos em todo o mundo, o que significa 1,3 bilhão de toneladas anuais, é desperdiçado. Traduzindo em valores, são mais de US$ 750 bilhões jogados fora a cada ano. Números da Secretaria Municipal do Meio Ambiente mostram que mais de 40% do montante recolhido diariamente das ruas de Curitiba pelos caminhões de coleta de lixo são resíduos de cozinha. Isso significa que aproximadamente 680 mil quilos, do total de 1,7 mil toneladas diárias de lixo geradas pela população, são sobras de alimentos.

Dicas nutritivas

 A Secretaria Municipal do Abastecimento sugere várias dicas para o aproveitamento integral dos alimentos, além de oferecer receitas nutritivas e saborosas. Conheça algumas:

• Cascas das frutas podem virar sucos, que substituem ingredientes líquidos em algumas receitas. A manga, por exemplo, pode ser batida com casca, água ou algum caldo de legumes, peixe ou frango e depois levada para o fogo até reduzir e encorpar, resultando em um molho para frangos e peixes. A casca da laranja pode ser caramelizada ou utilizada em compotas, biscoitos e chás.

•Sementes de abóbora, girassol, melancia e melão podem ser tostadas e trituradas.

•As folhas ou ramas da cenoura podem ser utilizadas, por exemplo, em bolinhos, sopas e patês. Já as folhas de batata-doce, couve-flor, beterraba, abóbora, mostarda, rabanete e nabo podem ser refogadas.

•Talos de couve-flor, couve, agrião, brócolis, beterraba podem ser aproveitados picados e acrescentados em massas de pães e tortas salgadas.

Acesse Também!

Guia Caderno

Campo de Santana

Anunciantes